quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

O mundo da titulação


É sempre interessante monitorar as múltiplas formas por que se movimenta o anti-benfiquismo. Por exemplo: um jornal desportivo fez hoje uso do seguinte título: "Benfica em 30.º na lista de clubes com maiores receitas". Um outro, vincadamente anti-Benfica, titulou assim: "Benfica cai para 30.º na lista dos clubes mais ricos liderada pelo Manchester United".

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

A verdadeira razão


Época 2015/2016, Sporting-Benfica.
Últimos minutos da partida, Benfica ganha por 1/0.
Bryan Ruiz isolado em frente da baliza falha escandalosamente com Ederson já batido e fora do lance.
A ser golo dava título ao Sporting, mas como vimos na imagem algo de estranho aconteceu...

Prossegue o insulto


Prossegue na Famigerada Aliança o insulto aos jogadores de certas equipas do futebol de onze que foram vencidas pelo Benfica. Impunemente, continuam a dizer que esses jogadores estavam mancomunados com o Benfica para que este ganhasse. Quando se unem as equipas ofendidas para desmascarar de vez os capangas da Aliança? Quando é que o Benfica os mete uma vez mais em tribunal? Quando é que os órgãos da justiça desportiva tomam medidas?

Jonas resume actual forma de jogar do Benfica

Leia aqui.

Ignóbil


Surgiu em certa imprensa desportiva a notícia de que o comportamento de Fábio Coentrão do SCP no jogo com o Setúbal não será motivo de sanção disciplinar. Se isso for verdade, será simplesmente ignóbil. Que mais falta suceder no bizarro mundo da impunidade que reina em Portugal? Já imaginaram a rapidez com que, em idênticas circunstâncias, o Benfica seria punido?

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Feio, Porco e Mau

Dêm aos porcos o que pertence aos porcos, aos medíocres dêm a mesma coisa (Sandro kretus)

Rufia, porco e doente mental



O rufia presidente do SCP, Mestre Ubu do Fumo Electrónico, é também porco, um porco por inteiro, sujo por inteiro. A linguagem soez que está a usar no "diálogo" com Rodolfo Reis mostra bem isso, uma pouca vergonha. Mas mostra também a sua personalidade de doente mental a carecer de internamento urgente. Como é possível o SCP aceitar como presidente um fulano como esse? Como é possível os órgãos formais da justiça deixarem esse reizeco de opereta em liberdade, insultando, difamando, rindo-se dos castigos, provocando tudo e todos? Como é possível os serviços psiquiátricos não tomarem medidas?

Verticalidade


Há entre o Benfica de início de época e o actual uma diferença que resulta basicamente do facto de se ter passado do clássico 4-4-2 para o não menos clássico 4-3-3.
Defesa mais subida, a que não é alheio o facto de Luisão, por lesão, ter dado lugar ao jovem Rúben, o que desde logo implica maior capacidade de reacção na perda da bola ou quando a mesma é lançada na retaguarda dos defesas (Jardel apesar da sua grande envergadura é jogador rápido).
Meio-campo pressionante com três unidades em vez das duas anteriores, ganhando por consequência mais uma unidade naquela zona fulcral do terreno, contando ainda com a ajuda dos atacantes na fase de construção do jogo.
O futebol exibido é de triangulações constantes com três unidades em cada faixa lateral do terreno: Grimaldo, Krovinovic e Cervi na esquerda, Almeida, Pizzi e Salvio na direita, com apoio de Jonas, na movimentação atacante.
Estes jogadores exercem todos pressão sobre os adversários quando perdem a bola ou quando se encontram em processo defensivo auxiliando os defesas superiormente comandados por Feijsa.
O que distingue este modelo de jogo de modelos similares que vemos por exemplo nas equipas treinadas por Guardiola (Barcelona de antanho e Manchester City actual)?
A verticalidade, exibida pelos jogadores do Barça e Man United, que progridem tal como os nossos em passes e triangulações  na direcção da baliza adversária mas raramente lateralizam ou atrasam a bola (pecha constante na nossa equipa), o que implica a movimentação global da equipa como se de um harmónio se tratasse.
Dirão alguns que a  classe  resultante da  superior capacidade individual dos jogadores daqueles clubes, traduzida nos altos salários que auferem, faz a diferença.Totalmente de acordo, mas acrescentaria outro factor de ordem psicológica: a confiança e ausência de medo do erro, de mão dada com rotinas trabalhadas nos treinos nesse sentido, origina que todos saibam exactamente (quase que de olhos fechados) qual o papel a desempenhar durante o desenrolar do jogo, raramente falhando passes, desmarcando-se sempre com a certeza de que o esférico lhes será endossado nas melhores condições de recepção. Junte-se a isso a sufocante pressão exercida sobre o adversário portador da bola e estarão reunidas as condições ideais para o sucesso.
Resumindo : progressão vertical  com bola na fase atacante e recuperação da mesma após pressão imediata em fase defensiva.
Assim possamos fazer o mesmo e atingiremos, seguramente, outro patamar competitivo. 

Indisciplina do Conselho de Disciplina


O sarrafeiro Coentrão do SCP, escroque que passa por jogador de futebol (lembre aqui e aqui), ainda não foi punido pelo Conselho de Disciplina da FPF. Que justiça desportiva é esta que reina em Portugal? Porém, com Samaris a intervenção do CD durou menos de dois dias. Urge denunciarmos por todos os meios esta grave indisciplina do Conselho de Disciplina.

Juvenis brilham no Qatar


Os juvenis do Benfica em futebol de onze venceram no Qatar a equipa chinesa do Guangzhou Evergrande por 4-0, na jornada inaugural do Alkass International Cup. Assim se vão limando as futuras pérolas do mais titulado clube português, que é também referência mundial na qualidade da formação. Leia aqui.